Noções básicas sobre como perder peso

Healthy Foods Only
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


O básico –

Encontramos algumas pessoas que não ganham peso, apesar de comerem o que querem. No outro extremo, há pessoas que parecem ganhar peso, não importa quão pouco comam. Consequentemente, alguns permanecem magros sem esforços, enquanto outros se esforçam muito para evitar ganhar peso.

Essencialmente, nosso peso depende do número de calorias que consumimos – quantas dessas calorias armazenamos e quantas queimamos. Mas cada um deles é influenciado por uma combinação de fatores genéticos e ambientais. A interação entre todos esses fatores começa no momento de nossa concepção e continua por toda a vida.

Se consumirmos mais energia (calorias) do que gastamos, ganharemos peso. O excesso de calorias é armazenado em todo o corpo como gordura. Nosso corpo armazena a gordura nas células adiposas especializadas (tecido adiposo), que estão sempre presentes no corpo, aumentando-as ou criando mais delas.

Para perder peso, seria necessário criar um déficit calórico. Um bom objetivo semanal é perder ½ a 2 libras por semana ou aproximadamente 1% de gordura corporal a cada duas semanas. O número de calorias que se ingere para realizar isso precisa ser aproximadamente 250 a 1000 calorias a menos que a queima diária de calorias. Podemos fazer isso aumentando as atividades diárias com mais etapas diárias ou outras atividades que não sejam de exercício. Ficar em pé e caminhar queima pelo menos 2-3 vezes mais calorias do que ficar sentado no mesmo período. Um déficit de 250 a 1000 calorias também pode ser criado aumentando o tempo ou a intensidade do treino e diminuindo a ingestão alimentar de aproximadamente 200 a 300 calorias por dia.

Apesar de nossos sinceros esforços para perder peso, às vezes não conseguimos devido a razões específicas que se interpõem em nosso caminho, mesmo sem percebê-las.

Leia Também  Bolo de cabeça para baixo de abacaxi (sem glúten) - junk food kids

Razões para não perder peso –

Falta de dormir – A falta de sono pode contribuir para o ganho de peso. Os especialistas especulam que a privação do sono pode afetar a secreção de cortisol, um dos hormônios que regulam o apetite. Quando estamos cansados ​​devido à falta de sono, podemos pular exercícios ou simplesmente nos movimentar menos, o que significa queimar menos calorias.

Estresse crônico – O estresse e o ganho de peso andam de mãos dadas, embora alguns de nós não estejam cientes desse fato. O estresse crônico aumenta a produção de cortisol, que não apenas aumenta o apetite, mas também pode causar armazenamento de gordura extra ao redor do abdômen. Causa desejos por alimentos, que são ricos em açúcar e gordura. Os chamados alimentos de conforto nos fazem sentir melhor. Além disso, pulamos os treinos porque nos sentimos estressados ​​demais para nos exercitar.

Comer demais – Os pesquisadores descobriram que a maioria de nós subestima o quanto estamos comendo, especialmente quando comemos fora. O exame cuidadoso de nossa dieta é a única maneira de saber quanto estamos realmente comendo. Precisamos espaçar nossas refeições de tal maneira que não fiquemos famintos por muito tempo. Ou então podemos comer demais em nossa próxima refeição. Devemos tentar comer porções menores e comer mais vezes.

Exercício – O exercício é outro elemento crucial da perda de peso, junto com nossos níveis de atividade diária. Se não estamos perdendo peso, precisamos aumentar o tempo e a intensidade do treino para corresponder às nossas metas de perda de peso ou alterar nossos objetivos de perda de peso para corresponder ao que realmente estamos fazendo. Para perder peso, precisamos construir músculos magros, realizando algum tipo de treinamento de força, além do cardio. Quanto mais músculos nosso corpo tiver, mais gordura queimaremos.

Leia Também  5 Ingrediente Rocky Road - Comida saudável e corpo real
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Hábitos sedentários – Qualquer sessão prolongada, como em uma mesa, atrás de um volante ou na frente de uma tela, pode ser prejudicial. Além do exercício, devemos tentar ser o mais ativos possível. Também devemos limitar o tempo da tela. Portanto, devemos parar de sentar a cada 30 minutos. Se passarmos mais de 8 horas sentados, pode ser mais uma razão pela qual estamos tendo problemas para perder peso.

Indulgências de fim de semana – Ter algumas guloseimas de vez em quando é bom, mas entregar-se sem pensar nas guloseimas nos finais de semana prejudicará nossos objetivos de perda de peso. O truque é planejar nossas indulgências para que possamos nos divertir enquanto estivermos no caminho certo com nossos objetivos de perda de peso.

Objetivos irrealistas – Existem muitos fatores que afetam a perda de peso que nem sempre podem ser medidos ou contabilizados com as ferramentas que possuímos. Nosso corpo pode estar fazendo alterações que ainda não podem ser medidas com uma balança ou uma fita métrica. Os especialistas concordam que um objetivo realista da perda de peso é se concentrar na perda de 0,5 a 2 libras por semana. Por mais que isso, teríamos que cortar nossas calorias tão baixas que talvez não fossem sustentáveis. Por outro lado, podemos estar perdendo polegadas, mesmo se não estamos perdendo peso. Se não estamos obtendo os resultados esperados, é crucial descobrir se é porque estamos esperando algo do nosso corpo, que ele simplesmente não pode fornecer.

Platôs – Quase todo mundo atinge um platô de perda de peso em algum momento. À medida que nosso corpo se adapta aos nossos exercícios, ele se torna mais eficiente e, portanto, não gasta tantas calorias fazendo isso. Alguns motivos comuns para isso incluem fazer os mesmos exercícios diariamente, não ingerir calorias e treinar demais. Podemos evitar planaltos tentando algo completamente diferente pelo menos uma vez por semana e alterando nossa frequência, intensidade, duração e tipo de treino.

Leia Também  Biscoitos de manteiga - crianças de junk food

Uma condição médica – Isso é especialmente importante se estivermos fazendo tudo certo e não tivermos visto nenhuma alteração na balança ou no corpo depois de vários meses. Pode haver um problema de saúde ou alguns medicamentos comuns que impedem nossos esforços de perda de peso. É preciso consultar o médico para descartar tal possibilidade.

A linha inferior –

Existem inúmeras dietas, suplementos e planos de substituição de refeições que garantem a rápida perda de peso que encontramos na mídia. Mas a maioria deles não possui evidências científicas. De fato, muitas pessoas crédulas são vítimas delas e algumas também precisam enfrentar seus efeitos colaterais prejudiciais. No entanto, um bom entendimento das razões que impedem nossos esforços afetaria positivamente nosso programa de perda de peso.

Fonte: Dr.



cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *